Blog

A Revolução da Tecnologia VoIP

 

A Tecnologia da Informação, em sua constante evolução, afeta drasticamente a forma e a velocidade de como os produtos e serviços são inovados. Muitos deles estão cada vez mais dependentes da tecnologia, afetando de forma contundente a sua relevância ou permanência no mercado, até mesmo sua viabilidade operacional, caso não se adequem às novas atualizações. Dentre estes serviços, podemos citar a telefonia, que usufrui de forma cada vez mais dependente da tecnologia e, principalmente, da Internet.

Nos primórdios, uma conversa telefônica dependia até de uma pessoa para realizar a interconexão manual entre a linha do remetente e do destinatário, mas, mesmo assim, foi uma revolução para a comunicação entre as pessoas. Com o passar do tempo, percebemos que ela evoluiu bastante em paralelo com a tecnologia. Atualmente, é possível transformar um computador comum em uma central telefônica ou realizar chamadas através de telefones como programas instalados em computadores, chamados de softphone. Esta evolução se tornou financeiramente atrativa para muitas empresas de callcenter, que não mais precisariam adquirir grandes quantidades de aparelhos telefônicos para suas atendentes e centrais telefônicas caras e proprietárias.

Com a telefonia integrada à computação, ela passou a ser dependente, também, das redes de computadores. A voz passou a trafegar sobre a rede IP, dando origem ao termo VoIP (Voice over IP). Consequentemente, foi possível realizar ligações através da Internet. Com isso, estamos presenciando uma evolução nos padrões tradicionais, em que os planos de telefonia para voz começaram a ser ofertados como serviços via Internet e não são mais exclusividade das operadoras “donas” da infraestrutura, pois novas operadoras estão surgindo a estão utilizando a estrutura de Internet das operadoras tradicionais para oferecer serviços de voz aos consumidores.

Além disso, com a melhoria das redes de dados para Internet móvel, cada vez mais confiáveis e estáveis para o tráfego de voz, muitos aplicativos de mensageria para smartphone estão permitindo que os usuários, além de trocarem mensagens, possam realizar chamadas (VoIP) entre si, através da Internet. Na época em que era novidade, as operadoras criticaram sobre a legalidade do serviço de voz sobre IP e acusaram os fabricantes destes tipos de aplicativo de pirataria. Se formos considerar válida uma afirmação deste tipo, poderíamos considerar o e-mail como sendo a pirataria dos correios?

Estamos presenciando constantes revoluções na prestação de serviços de telefonia, cuja operacionalização está cada vez mais dependente da tecnologia da informação. As operadoras estão tendo que rever constantemente seus portfólios de produtos oferecidos aos clientes, pois os consumidores contam com uma evolução rápida que está cada vez mais aprimorando e barateando os serviços de comunicação.

Simultaneamente, temos as fabricantes de centrais telefônicas que instalam seus softwares proprietários em equipamentos proprietários e os vendem para seus consumidores (geralmente empresas). Ora, se é possível transformar um computador em uma central telefônica VoIP, o consumidor pode facilmente optar por contratar um fornecedor que usufrui da computação em nuvem para prover serviços de central telefônica totalmente online via Internet. Com isso, o cliente economiza, contratando um serviço flexível, sob demanda e em constante evolução, sem a necessidade de adquirir equipamentos, passíveis defeitos, que depreciam com o tempo, ocupam espaço físico e gastam energia.

A dependência e a integração da telefonia com a tecnologia da informação são claras e irreversíveis. Inúmeros benefícios estão sendo alcançados, novas informações e estatísticas estão sendo geradas em prol da otimização do uso dos serviços e novas necessidades estão sendo vislumbradas cada vez que a tecnologia evolui.

Quer transformar sua empresa com a tecnologia VoIP? Clique Aqui e saiba como.

 

Publicado por: ATTENDE